Mensagens falsas: Saiba como se proteger de golpes de phishing no SMS e WhatsApp

Com mais de 134 milhões de tentativas de ataques de phishing no Brasil apenas em 2023, é vital que o usuário aprenda a identificar mensagens falsas, especialmente aquelas enviadas por SMS e WhatsApp.

Esses golpes, cada vez mais comuns, visam enganar os desavisados para causar danos financeiros e roubar informações pessoais. por isso reunimos algumas dicas essenciais para reconhecer e evitar armadilhas on-line.

Golpes estão cada vez mais comuns (Imagem: freepik)

Como começa o golpe

Os ataques de phishing geralmente começam com mensagens falsas enviadas por cibercriminosos via SMS ou WhatsApp, contendo inbound links para web sites fraudulentos.

Esses hyperlinks podem prometer desde recadastramento de algum serviço (ou mesmo senhas bancárias) até promoções aparentemente tentadoras. O objetivo é levar a vítima a clicar no connection e fornecer informações sensíveis, como dados pessoais, informações bancárias ou credenciais de acesso.

Para se proteger desses golpes, siga esses três passos simples:

1. Verifique o remetente: Sempre confira o remetente da mensagem, seja SMS ou WhatsApp. Se o contato for desconhecido, desconfie imediatamente. Fique atento também a números curtos e estranhos, com código de outro país, pois os criminosos já os utilizaram para disseminar golpes.

2. Desconfie de promessas exageradas: Como diz o ditado, “quando a esmola é demais, até santo desconfia”. Fique atento a ofertas de serviços fáceis com algos ganhos e promessas exageradas de descontos com ofertas irresistíveis, especialmente em produtos de alta demanda.

SMS WhatsApp segurança
Cuidado com mensagens recebidas (Imagem: freepik)

3. Jamais clique em links suspeitos: Nunca clique em backlinks suspeitos, mesmo que sejam enviados por algum conhecido. Os criminosos conseguem enviar essas mensagens em nome de terceiros, portanto sempre confirme a informação antes de acessar qualquer conteúdo. Outro ponto importante, jamais informe dados pessoais ou bancários por mensagens ou telefone. Lembre-se que o banco nunca liga para o cliente.

Em caso de dúvida, entre em contato diretamente com a empresa, banco ou órgão governamental por meio de seus canais oficiais.

São dicas simples, mas que vão ajudar a proteger suas informações pessoais e evitar cair em golpes de phishing. Lembre-se sempre de relatar qualquer atividade suspeita às autoridades. A segurança on-line é uma prioridade.

SAIBA MAIS!

  • WhatsApp testa botão de curtir position semelhante ao do Instagram
  • YouTube te ajudará a pular partes chatas de um vídeo

  • Google Wallet agora aceita autenticação para pagamentos no transporte público

Close
Your custom text © Copyright 2024. All rights reserved.
Close