Atenção, pais: nova bateria da Energizer pode salvar a vida do seu filho

A Energizer revelou uma nova bateria de lítio projetada especialmente para garantir a segurança das crianças. A 3-in-1 Child Shield oferece três camadas de proteção para evitar que os pequenos engulam as peças. O uso inovador de um corante azul merece destaque.

A primeira barreira está na embalagem resistente a crianças. Segundo a marca, foi desenvolvida para ser praticamente impossível de abrir sem uma tesoura. A segunda fica por conta da aplicação de uma substância não tóxica e de sabor desagradável, que desencoraja a criança a manter o item na boca.

No entanto, a verdadeira inovação está na terceira camada de proteção: a chamada tecnologia de alerta de cores. Assim que a bateria entra em contato com a saliva, reage, liberando um corante azul. É um sinal imediato de atenção aos pais e cuidadores.

Trista Hamsmith, fundadora da organização não governamental Reese’s Purpose, dedicada a questões de segurança infantil, explica a importância dessa tecnologia. “Pode alertar pais, cuidadores, etc., sobre o que pode estar acontecendo. Para que eles possam agir rapidamente e receber atendimento médico”.

Bateria estilo moeda soltando uma tinta azul

O desenvolvimento da 3-in-1 Child Shield foi resultado de uma parceria entre a Energizer e a ONG. A instituição foi criada por Hamsmith em 2020, após perder sua filha, Reese, devido à ingestão acidental de uma bateria.

Por que a segurança é tão importante?

A importância da segurança não pode ser subestimada. De acordo com um estudo divulgado pela revista científica Pediatrics, em 2019, nos Estados Unidos, os casos de ingestão de baterias de lítio dobraram entre 2010 e 2019, quando comparado ao período de 1990 a 2009.

Além da obstrução das vias aéreas, o item pode causar danos sérios aos tecidos apenas duas horas após a ingestão. Segundo o site especializado em saúde infantil Health Children, ao entrar com fluidos corporais, a bateria gera uma corrente, que produz um ácido semelhante à soda cáustica.

Ao permanecer presa, pode causar buracos e danos permanentes a essa região, causando ainda o risco de infecções. Por isso, ter uma bateria que previna a ingestão por crianças é algo que deve ser celebrado. Afinal, poderá reduzir o número de fatalidades e de sequelas graves causados por esse tipo de incidente.

Você também vai curtir:

  • Bill Gates revela a idade segura para uma criança ter um smartphone
  • Carrega o celular enquanto dorme? Apple alerta sobre perigos
  • Cientistas criam material que pode armazenar gases de efeito estufa mais rápido que árvores
Close
Your custom text © Copyright 2024. All rights reserved.
Close